6 dicas para ter uma casa conectada em 2022

 
Ainda em crescimento no mercado brasileiro, moradias cada vez mais conectadas se diferenciam por sua proposta de automatização das atividades domésticas. Com o auxílio de dispositivos conectados ao Wi-Fi, como Smart TVs, assistentes de voz, lâmpadas e tomadas inteligentes, os moradores podem facilmente comandar à distância, ou por comando de voz, ações que vão desde o acender uma lâmpada, ao abrir a porta de entrada ou ativar o robô aspirador.

Dados divulgados pela Statista, agência alemã de pesquisa de mercado, projetam que o mercado de casas inteligentes atinja globalmente a cifra de US$ 175,75 bilhões em 2025. Para o Brasil, a projeção é de US$ 2,2 bilhões.

A expectativa é de que, em breve, os sistemas de automação residencial serão mais acessíveis e estarão em mais lares brasileiros. "A união dos componentes de tecnologia, automação, inteligência digital e sustentabilidade estará cada vez mais presente tanto no ambiente industrial quanto no residencial e predial.

Leia esse artigo completo

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas