Mercado de alto-falantes inteligentes deve crescer 20% até 2025

Fonte: Tudo Celular

Graças aos alto-falantes inteligentes
 com foco no custo-benefício, o mercado dessa categoria de produto deverá crescer cerca de 20% nos próximos 4 anos.


Isso é o que acredita a Counterpoint Research, uma firma de pesquisa conhecida por diversas pesquisas na área de economia e mercado.

Segundo a empresa, os alto-falantes inteligentes tem se destacado nos últimos anos graças à rápida adoção no ambiente doméstico devido às suas habilidades interativas via comando de voz ou como uma espécie de hub inteligente para vários dispositivos Smart na casa conectada.

O primeiro deles, o Amazon Echo (lançado em 2014), se tornou bastante popular nos EUA – apenas 4 anos depois, em 2018, é que essa categoria de produtos começou a ser mais visada em outro grande mercado global, a China.

Para os próximos anos, a Counterpoint Research estima que as vendas de alto-falantes inteligentes devam crescer entre 20 e 21% de 2020 a 2025, estimuladas pelo maior acesso do consumidor à informações sobre este tipo de produto, ofertas cada vez mais competitiva e avanços tecnológicos.

Outro grande motivo para a popularização destes aparelhinhos tão convenientes é que muita gente está investindo, desde o início da pandemia, na compra de TVs inteligentes e outros smart-gadgets para suas casas.

A tecnologia de Inteligência Artificial fica cada vez mais presente no ambiente doméstico e isso vai acabar ajudando empresas como Google, Amazon e Apple a vender mais produtos nesse nicho.

A Apple foi uma das firmas que se rendeu à premissa do custo-benefício com o HomePod Mini, que nos EUA chegou às lojas por um preço muito mais acessível do que o HomePod original e que atualmente já tem espaço garantido na casa de muitos americanos (infelizmente, a realidade no Brasil difere disso).

Nenhum comentário:

Postar um comentário

Postagens mais visitadas