Saúde financeira do condomínio pede cuidados.

De acordo com o presidente da Associação das Administradoras de Bens Imóveis e Condomínios de São Paulo (AABIC), José Roberto Graiche Júnior, a tendência é que os síndicos optem por uma gestão mais conservadora dos recursos nesse momento em que as famílias também estão controlando mais os gastos domésticos. Assim, o foco é a folha de pagamento dos funcionários, que consome de 55% a 65% do orçamento de um condomínio. O segredo é manter uma equipe enxuta, mas com boa produtividade. Começando com uma organização eficiente dos horários de cada funcionário, para evitar que façam hora extra”, diz ele. Outra dica é mirar novas tecnologias, como equipamentos que consomem menos energia e cuja manutenção dure mais. Na área de manutenção, no entanto, Graiche Júnior deixa o alerta para não se exagerar na economia, uma vez que uma conservação não feita ou mal feita pode custar mais caro no futuro.

Automação de ambientes: como a tecnologia wireless beneficia a experiência do usuário/morador.

Já pensou na possibilidade de sair de casa sem se preocupar se a luz de algum ambiente ficou acesa? Ou ainda não precisar de levantar da cama para fechar as cortinas? Hoje, esses cenários são possíveis graças a automação de ambientes. Com o intuito de facilitar e otimizar a rotina do morador, trata-se de equipamentos e dispositivos tecnológicos que podem ser controlados por smartphones e tablets através de redes sem fio. Hoje, todos os espaços de uma residência podem ser integrados e automatizados. Além de oferecer mais conforto, a tecnologia também incide na sustentabilidade, já que é possível controlar a quantidade de água e luz consumidos, por exemplo.

Automação residencial e comercial são as mais novas soluções para economizar com gastos de energia.a

O futuro encontra-se bem diante de nossos olhos, basta pisca-los que logo uma nova tecnologia se faz presente no cotidiano. A automação residencial é a mais uma inovação do mundo hightech, ela vem com o propósito de tornar a vida mais prática e confortável. Gerson Casarim, perito de automação da Lintec, explica sobre iluminação, uma das principais dúvidas de quem quer modernizar sua casa.

Leia esse artigo completo: https://www.segs.com.br/demais/190769-automacao-residencial-e-comercial-sao-as-mais-novas-solucoes-para-economizar-com-gastos-de-energia

Google anuncia 'Ambient Mode' que transforma celulares e tablets em Tela Inteligente.

Após a crescente popularidade dos Alto-falantes Inteligentes com assistentes pessoais integrados (como Amazon Echo e Google Nest), a próxima grande evolução deste setor de smart gadgets foram as Telas Inteligentes que se tornaram febre no mercado internacional com o lançamento do Echo Spot e Show, fazendo o Google seguir os mesmos caminhos e apresentar seu próprio Home Hub (agora Nest Hub).

A casa inteligente, mais que uma tendência, é uma demanda da sociedade


Fonte: Folha Vitoria, setembro 2019


A casa inteligente, mais que uma tendência, é uma demanda da sociedade, segundo Dionathan Rodrigues, diretor da Dr. Engenharia, construtora capixaba que aposta no diferencial ao oferecer obras de alto padrão, que unem a sustentabilidade e a tecnologia. “Esse é um caminho sem volta. A sustentabilidade deve ser uma busca de todos para que possamos continuar vivendo no planeta. E para nós, do ramo da construção civil, precisamos nos antecipar e oferecer desde já essa possibilidade para o nosso cliente”, explica.

Sensores de presença em ambientes compartilhados, utilização de energia solar fotovoltaica para o aquecimento da água do chuveiro e das áreas comuns e captação da água da chuva para utilizar em ar condicionados e na limpeza do prédio são algumas medidas que, além de tornar o espaço sustentável, proporciona economia de energia para o morador. “Apenas no apartamento, a economia gira em torno de 50% na conta pessoal do condômino. Mas, como buscamos ter um custo zero para as áreas comuns do empreendimento, isso também vai significar economia nas taxas condominiais”, conta.


Ao mesmo passo que o avanço tecnológico permite poupar recursos naturais, ele também torna possível proporcionar ainda mais conforto por meio das casas inteligentes. Biometrias para acessar o prédio e os apartamentos, automatização dos espaços comuns e particulares (sim, de fora da casa é possível controlar pelo celular a iluminação, o ar condicionado e até mesmo a cortina dentro do apartamento) e tomadas USB em todas as áreas do prédio tornam a vida desse morador mais confortável. “Na era da personalização, o consumidor não deseja encontrar no mercado os mesmos produtos que já está acostumado. Então, se uma empresa deseja vender, é necessário que ela inove!”, garante Rodrigues.



Casa conectada: o que é, como funciona e o que você precisa para ter uma.

O futuro como imaginado na época dos jetsons chegou. Ok, não ainda com carros voadores ou uma robô mecânica como a Rosie, capaz de ajudar em todas as tarefas domésticas, mas já temos como ligar a TV, ativar a cafeteira, tocar músicas, comandar as luzes e pedir para reproduzir uma série no serviço de streaming favorito apenas falando com um smartphone ou um alto-falante. O ponto de partida para ter a casa conectada se deu como surgimento dos assistentes pessoais na primeira metade desta década.

Leia esse artigo completo em: https://casavogue.globo.com/Design/Tecnologia/noticia/2019/09/casa-conectada-o-que-e-como-funciona-e-o-que-voce-precisa-para-ter-uma.html

Amazon tem investido bastante no Brasil e, em pouco mais de um mês, deve lançar sua assistente virtual por aqui.

Na guerra entre as assistentes virtuais, a temperatura promete subir bastante em breve. Já há algum tempo, a Amazon vem informando que a Alexa chega ao Brasil até o fim do ano. A novidade é que uma fonte interna informou que ela deve ser lançada por aqui em pouco mais de um mês. “Ela estará disponível em outubro, quando será o lançamento”, diz.

Leia esse artigo completo em: https://olhardigital.com.br/noticia/-exclusivo-alexa-chega-ao-brasil-em-outubro/89794

Postagens mais visitadas